Patrono

Jorge Augusto Correia, filho de José Augusto Correia e D. Adelina Berta dos Santos Pescada, nasceu em Tavira a 5 de Abril de 1918 e faleceu a 3 de Maio de 2016.

Casou em 1943 com D. Maria Amélia Gomes Passos Correia, de quem enviuvou, casando mais tarde, em segundas núpcias com S. Silvéria Ferreira Lopes Correia. Do seu primeiro casamento tem dois filhos, cinco netos e sete bisnetos.

Iniciou os seus estudos universitários em 1935, licenciando-se em Medicina e Cirurgia pela Faculdade de Medicina de Lisboa, em Julho de 1941, com 23 anos de idade. Após o estágio nos Hospitais Civis de Lisboa, optou por exercer a sua profissão em Tavira, onde abriu consultório e nomeado médico da Casa do Povo da Conceição.

Foi mobilizado como Oficial-médico em 1944, prestando serviço em Cabo Verde até Agosto de 1945. Após o seu regresso voltou à clinica particular e exerceu funções na Casa dos Pescadores e no Hospital da Misericórdia e na Caixa de Previdência de Faro antecessora da Segurança Social.

Foi Presidente da Câmara Municipal de Tavira entre 1959 e 1971, um concelho que vivia principalmente da actividade primária, mas com tradições culturais que sempre foram uma das suas principais características.

Chegado à presidência do Município, logo interpretou a falta de Ensino Secundário oficial como grave carência, que impedia a valorização dos jovens tavirenses, que, não tendo condições económicas para frequentar o Ensino privado, não prosseguiam os estudos secundários.

Jorge Augusto Correia pediu audiências ministeriais, removeu obstáculos, fez valer a sua posição e conhecimentos e, depois de um continuado e longo esforço, conseguiu que fosse superiormente autorizada a criação em Tavira, a partir de 1 de Outubro de 1961, da Escola Técnica, mais tarde Escola Secundária de Tavira, noticia recebida com imenso jubilo pela população local. Foi o seu primeiro Director. Tratou-se de um marco importante na história do concelho e um reforço da sua identidade cultural, de que Tavira nunca perdeu o rumo.

Jorge Correia na sua faceta de personalidade ligada à educação e à cultura, além da clínica exercida durante mais de 60 anos e de autarca empenhado no progresso do seu concelho, com uma postura inovadora e consequente, recolheu ainda a admiração dos seus coprovincianos enquanto deputado que pugnou, acima de tudo, pelos interesses do Algarve. Foi, na época, o único deputado que propôs a criação de uma Secretaria de Estado para a Juventude, iniciativa que só mais tarde havia de ser reconhecida e posta em prática

Nos últimos anos da sua vida, através de uma intensa actividade literária, escreveu cerca de uma vintena de livros, entre os quais uma autobiografia que intitulou” Factos e impressões ao longo da minha vida”.

Já depois da publicação do Despacho que designou a Escola Secundária de Tavira como “Escola Secundária com 3º. Ciclo de Ensino Básico,Dr. Jorge Augusto Correia, Tavira”, a Ordem dos Médicos, no seu XII Congresso, atribuiu-lhe a Medalha de Mérito, como médico que se distinguiu pelo seu trajecto humano e profissional.

Em 2013, aquando da agregação da Escola Secundária 3EB Dr. Jorge Augusto Correia com o Agrupamento Vertical de Escolas D. Paio Peres Correia, a nova entidade passou a chamar-se Agrupamento de Escolas Dr. Jorge Augusto Correia.

  
Última actualização: 2017-05-22 15:27:03